Tecido Nervoso (Histologia) - Resumo de Biologia



Assunto: Tecido Nervoso
Tópicos: neurônios, células da glia, impulso nervoso

O tecido nervoso é o tecido responsável por perceber estímulos externos e internos e desencadear uma resposta, estimulando outros tecidos (como os músculos, por exemplo). O tecido nervoso é formado pelos neurônios e pelas células da glia

As células gliais são responsáveis pela nutrição dos neurônios, pela produção de mielina e também pela fagocitose. Por outro lado, os neurônios recebem os estímulos nervosos e desencadeiam o processo de resposta que organismo dará a esses estímulos. Os neurônios possuem um corpo (chamado soma ou pericário) e também possui dois tipos de prolongamentos: os dendritos (que recebem os estímulos) e o axônio, que é um fino prolongamento que se ramifica na extremidade e envia o impulso nervoso para outros neurônios e outras células.  




Como ocorre o impulso nervoso




1) O estímulo é recebido primeiramente pelo dendrito, em seguida passa pelo soma e finalmente pelo axônio, que o levará a outros neurônios; 

2) Como o interior do neurônio é rico em potássio, pobre em sódio e o exterior possui esses elementos em quantidade inversa (rico em sódio e pobre em potássio), eles podem difundir-se pela membrana da célula de acordo a permeabilidade desta;

3) Quando o neurônio está no estado chamado de potencial de repouso é porque a célula está polarizada, ou seja: negativa internamente e positiva externamente;

4) Quando a célula encontra-se em repouso e recebe um estímulo, a permeabilidade aos íons sódio aumenta e o interior da célula começa a acumular esses íons, fazendo com que sua polaridade seja invertida

5) Em seguida, a permeabilidade ao potássio também aumenta e ele tende a sair da célula, restaurando o potencial de repouso. A inversão da polaridade da célula é o chamado potencial de ação. Este potencial de ação é propagado ao longo do axônio e gera o impulso nervoso. 
Próximo
« Prev Post
Anterior
Next Post »