Fermentação - Resumo de Biologia



Assunto: Fermentação
Tópicos: fermentação alcoólica, láctica e acética


Fermentação 


A fermentação é um processo anaeróbico, ou seja: é um processo que acontece sem a participação de oxigênio. A fermentação é feita por bactérias anaeróbias, por leveduras ou mesmo pelos nossos músculos. 

Fermentação Alcoólica


No caso da fermentação alcoólica, as bactérias e leveduras iniciam um processo para produção de energia muito semelhante à glicólise, porém a o produto final dessa quebra da glicose não será o ácido pirúvico e, sim, o álcool etílico, o COe ATP. Este álcool poderá ser utilizado na fabricação de bebidas, como o vinho; já o CO2, poderá ser empregado na culinária, em pães e massas.  

Fermentação Láctica


A fermentação láctica, feita pelos lactobacilos (bactérias presentes no leite) e, também, pelos músculos em determinadas situações, é a transformação da lactose em ácido láctico. No caso dos músculos, ela ocorre quando a energia gerada pela respiração aeróbia não está sendo suficiente para suprir as necessidades do corpo. Assim, uma parte da glicose é usada para produção de mais ATP, também produzindo o ácido láctico. 

Um exemplo de quando o músculo necessita deste processo é quando fazemos movimentos muito rápidos e intensos sem ter tido inicialmente uma preparação física (quando estamos parados e começamos a correr rapidamente, por exemplo). O resultado são as dores que sentimos, muitas vezes, ao lado do abdômen.  

Fermentação Acética


Há também a fermentação acética, que ocorre pela transformação de álcool etílico em ácido acético. Algumas bactérias são responsáveis por esse processo e além do ácido acético também produzem dióxido de carbono (CO2). É o processo utilizado na fabricação de vinagres e no envelhecimento de vinhos.  
Próximo
« Prev Post
Anterior
Next Post »