Célula - Resumo (células eucariontes, procariontes, animais e vegetais)


Disciplina: Biologia
Assunto: Célula 
Tópicos: Teoria Celular, células procariontes e eucariontes, estrutura da célula (organelas), diferença entre célula animal e vegetal. 


E aí, tudo bom? 

Hoje nós vamos falar sobre a célula, que é a menor unidade estrutural dos seres vivos. Elas foram vistas pela primeira vez por Robert Hooke, em 1665, por meio de um microscópio bem simples e a partir daí surgiu a Teoria Celular

Agora eu vou mostrar um resumo com tudo o que  você precisa saber sobre esse assunto. 

Células Procariontes e Eucariontes


A primeira coisa que você precisa saber é que os seres vivos são divididos em dois grandes grupos de acordo com o tipo de célula que eles possuem: o seres procariontes (aqueles que têm células procarióticas) e os seres eucariontes (os que têm células eucarióticas). 

As células eucarióticas (ou eucariontes), presentes nos animais e vegetais (e também presentes nas algas, nos protozoários e nos fungos) possuem o material genético circundado por uma membrana chamada de "carioteca" e também possuem múltiplos cromossomos que compõem seu DNA.  

Por outro lado, as células procarióticas (ou procariontes) são mais simples e estão presentes em bactérias e em cianofíceas*. As células procariontes não têm cariotecapossuem um único cromossomo simples e circular que não fica isolado por nenhuma membrana. Esse material genético fica solto no interior da célula. 

* cianofíceas - também chamadas "cianobactérias" ou "algas azuis".


Célula eucariota e célula procariota


Outras diferenças:

As células procariotas têm parede extracelular (em sua superfície externa), uma estrutura rígida que protege a célula bacteriana de qualquer situação prejudicial que pode ocorrer no ambiente em que ela se localiza. 

Já as células eucariotas possuem várias organelas (estruturas especializadas em diversas funções), enquanto que a célula procarionte só tem um tipo de organela (o ribossomo). Essas organelas estão presentes no citoplasma (interior da célula) e esse citoplasma é envolto por uma membrana (chamada membrana plasmática) que também está presente nos procariontes.  

Para resumir:

Células Procarióticas: não têm carioteca, têm parede extracelular e têm apenas uma organela (o ribossomo)
Células Eucarióticas: têm carioteca, não têm parede celular e têm muitas organelas

Agora, vamos ver a estrutura da célula. 

Estrutura da Célula


As células são dotadas de estruturas e mecanismos absolutamente coordenados, sendo que cada passo de seu funcionamento, crescimento e reprodução é comandado por diferentes setores e inúmeras subdivisões. A célula é praticamente uma "fábrica" que – naturalmente – cumpre seus objetivos de uma forma impressionante. Mas como ela funciona? Quem são os "operários" e as "máquinas" dessa fábrica?

Bem, se pudéssemos atravessar uma célula, partindo de seu interior, veríamos o seguinte:


Núcleo: característico de toda e qualquer célula eucarionte, o núcleo contém cromatina e nucléolo, e é delimitado do resto do citoplasma por uma membrana dupla (envoltório nuclear), cuja face externa é composta por ribossomos e se comunica com o retículo endoplasmático rugoso diretamente. 

Organelas: são estruturas que funcionam como "pequenos órgãos"das células. Exemplos: mitocôndrias, ribossomos, retículos endoplasmático liso e endoplasmático rugoso, lisossomos, aparelho de Golgi, peroxissomos, centríolos. Cada organela possui uma função específica que contribui para todo o funcionamento da célula (as mitocôndrias produzem energia para a célula, os ribossomos produzem proteínas, etc). 

Obs: existem organelas que só estão presentes em células vegetais (são os cloroplastos e os vacúolos). 

Citoplasma: corresponde ao interior da célula. O citoplasma abriga as organelas.

Matriz citoplasmática (ou citosol): composta por diversas substâncias, como água, sais, aminoácidos e enzimas, preenchendo os espaços entre as outras estruturas do citoplasma.  

Depósitos de substâncias: podem estar presentes no citoplasma, também, grânulos de glicogênio, gotículas de gorduras, pigmentos, etc.

Citoesqueleto: ainda no citoplasma, está presente uma série de estruturas que dão suporte mecânico à célula, podendo modificar e manter sua forma. São os filamentos de actina, os filamentos intermediários e os microtúbulos.  

Membrana plasmática: é a parte mais externa do citoplasma, que separa o meio intracelular do meio extracelular. Ela é formada por fosfolipídios, proteínas e carboidratos e possui receptores e canais para diversas substâncias, estabelecendo a comunicação célula a célula.  

O glicocálice: é a região da membrana plasmática formada por diversos tipos de açúcares. Sua função é dar adesão à célula e também participar do reconhecimento celular.  


Outra coisa importante que você precisa saber é a diferença entre a célula animal e vegetal. As plantas possuem células vegetas, enquanto que os demais seres possuem células animais. 

Diferença entre Célula Animal e Célula Vegetal


Célula animal (à esquerda) e célula vegetal (à direita)


1) A célula vegetal possui uma parede celulósica muito resistente, que não aparece na célula animal. Esta parede protege contra a ação de outros organismos, agressão mecânica e quaisquer outras ameaças à célula.

2) Os vegetais também possuem os plastos (ou plastídeos), que são organelas ausentes nos animais, compostos pelos pigmentos fotossintéticos, dentre eles o principal é o cloroplasto. Além disso, a célula vegetal abriga vacúolos citoplasmáticos demasiadamente maiores do que os da célula animal.

3) O tipo de reserva dos vegetais é o amido, enquanto que as células animais armazenam glicogênio.

4) Outra característica exclusiva da célula das plantas é a presença de plasmodesmos, que são canais que fazem a comunicação célula a célula. Estas estruturas estão ausentes nos animais.


Neste resumo, você aprendeu:

- O que é célula 
- Diferença entre células eucariontes e procariontes
- Estrutura e organização da célula
- Diferença entre células animais e vegetais


Próximo
« Prev Post
Anterior